domingo, 18 de março de 2007

OS TEUS OLHOS

São teus olhos, a razão da minha existência.
Não fossem por eles, eu não estaria mais aqui
E não contemplaria esse bendito fruto,
Céu de estrelas e planetas - via Láctea.

O sol, perderia o seu brilho não fossem os olhos teus.
A lua, não inspiraria os poetas e dessa forma,
não iluminaria mais o meu chão.
Minhas noites vazias seriam cada vez mais e
mais vazias, e, na solidão desse vazio
certamente eu morreria.

Não fossem teus olhos,
Não existiria a beleza das flores e dos pássaros.
Não existiriam rios e lagos...
e porque existiria o ar,
Não fossem teus olhos para respirá-lo?

Tudo que de mais belo existe
Assim como a vida, e tudo que no mundo há,
São por causa dos teus olhos, para contemplá-los.


Carlinhos Medeiros

5 comentários:

  1. Oassando para conferir os últimos posts e desejar uma ótima semana.

    Abreijos

    Re

    ResponderExcluir
  2. OOOpsss.... "passando..."

    =)

    ResponderExcluir
  3. Sem problemas, eu quis dizer irrestrita quando digitei "in".

    Uma boa semana para você também,
    abraços.

    ResponderExcluir
  4. Que bom chegar aqui e ser surpreendida, duas vezes surpreenida, pelos poemas (gosto de poesia) e por um link para o nanbiquara, que bom, obrigada, :).

    ResponderExcluir

 

blogger templates | Make Money Online

Clicky Web Analytics